Meliqueaz


registo | recuperar

Meliqueaz

Adicionar ao meu Roteiro


Tipologias: Personagens Array

Descrição

Um dos mais distintos guerreiros da época d’Os Descobrimentos, servia o sultão de Guzerate, que vivia do comércio no Mar Vermelho e no Egito. Sentindo-se ameaçado pelos portugueses, fez de tudo para afastá-los do território. Contudo, no final da Batalha de Chaul, em 1508, poupou e libertou os cerca de 20 soldados portugueses que sobreviveram.

Malik Ayyaz ou Malik Yaz de Diu, chamado Meliqueaz ou Melique Az pelos portugueses foi governador da cidade de Diu (1507-1509), sob o governo do Sultão de Guzerate e um dos mais distintos guerreiros da época.

Meliqueaz era um mameluco de origem russa, que fora feito prisioneiro e convertera muçulmano, chegando à Índia onde se distinguira ao serviço do sultão de Guzerate (Malik é o equivalente a Dom, ou Senhor). Guzerate vivia do comércio no Mar Vermelho e no Egipto, e quando os portugueses ameaçaram os seus domínios, o sultão entregou a defesa nas mãos de Meliqueaz que travou vários confrontos com os portugueses, junto com o capitão da frota mameluca Mirocem (Amir Husain Al-Kurdi). Participou na Batalha de Chaul, no fim da qual, pesando-lhe ver morrer homens tão valentes, ainda salvou vinte portugueses (após a batalha de Diu entregaria os prisioneiros desta batalha, vestidos e bem alimentados) e mais tarde a batalha de Diu em 1509. Ao aproximar-se o confronto, o vice-rei português D. Francisco de Almeida enviou-lhe uma carta que dizia:



«Eu o visorei digo a ti honrado Meliqueaz, capitão de Diu, e te faço saber que vou com meus cavaleiros a essa tua cidade, lançar a gente que se aí acolheram, depois que em Chaul pelejaram com minha gente, e mataram um homem que se chamava meu filho; e venho com esperança em Deus do Céu tomar deles vingança e de quem os ajudar; e se a eles não achar não me fugirá essa tua cidade, que me tudo pagará, e tu, pela boa ajuda que foste fazer a Chaul; o que tudo te faço saber porque estejas bem apercebido para quando eu chegar, que vou de caminho, e fico nesta ilha de Bombaim, como te dirá este que te esta carta leva».Meliqueaz terá mantido contactos secretos com os portugueses, e seria acusado de traição pelo Mirocem.

Fonte: Wikipedia

Aqui perto

Onde Comer

Quinta da Aldeia Barreira

(0 km)

O Moleiro

(0 km)

Restaurante Rosa

(0 km)

E-Legal

(0 km)

Apolo 80

(0 km)

Quinta das Grotas

(0 km)

Costa do Sol

(0 km)